Rio de Janeiro: como empreender em época de pandemia

Saber como empreender em época de pandemia no Rio de Janeiro é vital para quem quer enfrentar a atual crise de cabeça levantada e de maneira corajosa. No entanto, é importante atuar também de forma estratégica para poder aumentar as chances de sucesso e não "nadar contra a corrente" em um mercado que pode ser muito mais hostil do que o padrão do país.

Rio de Janeiro

É importante entender o mercado atual como um mar em revolta, com ondas largas e intensas, uma chuva torrencial e muito vento. Quem está no mar e sobreviver, sairá da crise muito na frente dos concorrentes que estão na areia, esperando a tempestade passar. Para isso, no entanto, é essencial ser um bom marinheiro e ter controle preciso do seu navio.

Quer saber como empreender em época de pandemia no Rio de Janeiro? Então siga as nossas dicas abaixo para aumentar suas chances de sucesso! 

Como empreender em época de pandemia no Rio de Janeiro? 5 dicas! 


1. Adapte o seu negócio para a pandemia


A pandemia trouxe uma série de condições diferentes e específicas para o mercado nacional e o do Rio de Janeiro em específico. Afinal, a cidade é conhecida por ser um pólo de prestação de serviços, o que foi prejudicado por causa da quarentena e do isolamento social.

Por isso, os negócios que quiserem sobreviver a esse momento precisam de adaptar. O principal exemplo disso está no ramo gastronômico. Se antes as pessoas saíam de casa com frequência para poder comer, agora elas costumam pedir mais pratos no Rappi Rio de Janeiro. Por isso, restaurantes devem se adaptar para trabalhar com o modelo de delivery. É claro que muitos ainda estão atendendo presencialmente (inclusive com polêmicas sobre as normas de segurança), mas o trabalho via delivery é essencial para alcançar um público maior. 

2. Explore novas formas de renda


Toda empresa possui um modelo de negócio específico, testado e aprovado depois de muito tempo no mercado. No entanto, isso não significa que não existem outras maneiras de monetizar a atividade da empresa. A pandemia é justamente o momento certo de explorar essas oportunidades.

Voltemos ao exemplo dos restaurantes. O modelo de negócios padrão é o de atender os consumidores e vender os pratos. No entanto, com as limitações atuais, existem muitas formas diferentes de monetizar a empresa. Um bom exemplo são os “kits” vendidos pelos restaurantes atualmente. Eles contam com todos os ingredientes para os pratos e as instruções para as pessoas fazerem em casa. Outra forma interessante de monetizar o restaurante seria criar um curso online ensinando a cozinhar ou outras informações.

Seu negócio pode ter uma série de fontes de renda diferentes, caso você tenha criatividade e saiba como explorá-las. Quanto mais fontes de renda diferentes, mais estável e imune à crises será o seu negócio. Portanto, mais fácil para empreender. 

3. Corte custos de forma estratégica


A pandemia é um momento complicado financeiramente e é necessário fazer alguns cortes de custos para poder manter seu navio velejando nesse mar tempestuoso. No entanto, é essencial fazer cortes estratégicos e não sair reduzindo gastos de maneira indiscriminada.

Por exemplo, muitas empresas demitiram funcionários nesse momento. No entanto, funcionários são as mãos necessárias para colocar estratégias em prática. Portanto, é importante mantê-los para poder explorar aquelas fontes de renda alternativas que mencionamos.

Faça uma análise completa das suas finanças antes de decidir onde cortar para não reduzir também a sua capacidade de sair da crise com estratégias inovadoras e diferentes. 

4. Ganhe uma folga com crédito barato


Talvez você precise de uma folga para poder lidar com o salário dos funcionários e compromissos com os fornecedores. Nesse caso, pode ser interessante optar por um crédito barato e com espaço para pagar.

O governo lançou uma série de linhas de crédito para ajudar as pequenas e médias empresas a quitar a folha de pagamento neste período de crise, de modo a evitar que os trabalhadores fossem demitidos. Essas linhas de crédito contam com juros abaixo da média e boas condições de pagamento. Portanto, podem ser boas opções para quem quer ganhar alguns meses de folga pensando em como resolver o problema. 

5. Planeje a colheita no futuro próximo


Caso você opte por pegar essa folga, use o tempo ganho para planejar uma boa colheita no futuro. Lembre-se de que a pandemia vai acabar e, quando isso acontecer, a recuperação econômica será significativa. Portanto, é hora de planejar o retorno das atividades e plantar as sementes que você colherá em 2021 ou 2022.

E aí, aprendeu como empreender em época de pandemia no Rio de Janeiro? Essas dicas deixarão mais fácil controlar o seu navio nesse mar que sim, é tempestuoso, mas que pode deixar o seu negócio navegando com muito sucesso no próximo ano e no seguinte, quando a crise já tiver passado e os ares da recuperação econômica soprarem a seu favor. Especialmente em uma cidade populosa como o Rio, não é mesmo?

Gostou do assunto? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

Postagem Anterior Próxima Postagem