Software médico para pediatras, esse recurso realmente vale a pena?

Os pediatras são fundamentais para a sociedade. Eles são os únicos da classe médica que são especialistas em pessoas na fase de crescimento de desenvolvimento. 

Eles cuidam daqueles que mais precisam: os pequenos que ainda nem sabem a importância de manter a saúde em dia. Além disso, os pediatras também exercem um papel de educador junto à família das crianças.

Esses profissionais são responsáveis por orientar pais, mães e responsáveis para que eles consigam cuidar dos pequenos da melhor maneira possível, principalmente, nos primeiros meses de vida.

Neste período, inclusive, eles precisam passar por consultas pediátricas mensalmente para um acompanhamento médico mais assertivo e eficiente. Nesses atendimentos, o pediatra considera inúmeros aspectos.

Para acompanhar o desenvolvimento dos bebês, crianças e jovens, o profissional analisa evolução do crescimento, estado nutricional, história alimentar, situação vacinal e desenvolvimento neuropsicomotor dos pacientes.

Assim como desempenho escolar, qualidade e quantidade de sono, acuidade visual e auditiva, saúde bucal, entre outros parâmetros de saúde essenciais para as pessoas nessa faixa etária.

Portanto, para desempenhar bem tais competências, com responsabilidade e empatia, o pediatra precisa de qualificação profissional, compromisso, lealdade, disponibilidade, vontade e, claro, tempo para dar conta de tudo isso.

Além disso, para ajudar a rotina dos pediatras, muitas clínicas contam com softwares médicos de alta qualidade, os quais otimizam a rotina desses profissionais e tornam os atendimentos ainda mais qualificados.

A seguir, saiba mais sobre esses sistemas tão importantes para clínicas e consultórios pediátricos. Explicaremos como eles funcionam, suas vantagens e muito mais.

Acompanhe!

Sistema médico para pediatria

O software médico é um sistema pensado para sanar todas as dificuldades de um consultório e clínica médica. Para os pediatras, essa solução é ainda mais importante devido a quantidade de consultas e responsabilidades desses profissionais. 

Um sistema médico para pediatria permite uma série de funções que vão otimizar e modernizar o dia a dia do estabelecimento. Por meio dele, será possível fazer prescrições digitais com esses sistemas, por exemplo.

Com isso, o profissional reduz o uso de papéis e tarefas manuais, as quais podem tomar muito tempo do seu dia. O sistema também é ótimo para armazenar os dados dos pacientes de forma segura e confiável.

Será mais fácil ter acesso a essas informações quando quiser e não correrá o risco de perdê-las em algum momento. Esse sistema também permite que o pediatra prescreva medicamentos diretamente de uma base de dados.

Com essas informações, o próprio software sugere dosagem e posologia dos medicamentos, o que, obviamente, não substitui o trabalho do médico, mas ajuda a tornar a rotina dele mais prática.

Falando nisso, os softwares médicos também já fazem o preenchimento automático de medicamentos de uso contínuo pelo mesmo paciente, entre outras soluções que minimizam a chance de erros e confusões, como os que acontecem com o uso de  receituários em papel.

Confira mais utilidades dos sistemas para pediatras 

Como mencionamos, esses sistemas são super completos e podem ajudar os pediatras com uma rotina mais otimizada, atendimentos mais rápidos, eficientes e qualificados. 

Outra funcionalidade legal dessas soluções que ainda não citamos é que por meio delas, é possível configurar lembretes de eventos importantes da clínica, como por exemplo, o retorno de determinado paciente ou a realização de algum tratamento.

Com esses lembretes, os profissionais ou sua equipe de atendimento podem mandar avisos aos pacientes do horário da consulta, preparos de exames, entre outras informações para ajudar os responsáveis pela criança.

É bastante utilizado para enviar lembretes automáticos para os responsáveis sobre a próxima visita à clínica, evitando a falta de pacientes nas consultas. É uma solução que ajuda ambos os lados!

Há também a possibilidade de criação de fichas específicas de atendimento pediátricos, como a criação de gráficos para controle da curva de crescimento dos pacientes. 

Esses gráficos ajudam o profissional a ter o controle do peso, altura e perímetro cefálico dos pacientes com maior facilidade. Esses são alguns exemplos de funções legais desses sistemas.

O fato é que eles são ótimos para clínicas e consultórios pediátricos. 

Como ter acesso a esses sistemas médicos?

Diversas empresas especializadas fornecem softwares médicos com funções e vantagens distintas. O ideal é encontrar uma organização de confiança e que tenha boas recomendações.

Os pediatras devem buscar, preferencialmente, os sistemas que são armazenados na nuvem, já que não precisam de muito tempo e recurso para instalação, assim como na manutenção do sistema.

É uma alternativa mais moderna e otimizada, vale super a pena. Outro ponto importante é conferir se o software está atualizado de acordo com as normas de segurança da LGPD para evitar possíveis transtornos no futuro.

Inclusive, muitos softwares médicos oferecem testes gratuitos, o que é ótimo para o profissional entender se a equipe vai se adaptar ao sistema, se ele vale a pena e muito mais.

Estude mais sobre esse sistema e aproveite!

Software médico para pediatras