Você sabe como economizar energia em sua casa?

Você sabe como economizar energia em sua casa? Economizar energia, além de fazer bem para as finanças, impacta positivamente no meio ambiente. Estamos realmente cientes do impacto que cada uma de nossas ações tem no meio ambiente?

Se você se preocupa com o meio ambiente, mas não sabe muito bem o que fazer para preservá-lo, aqui estão algumas propostas que o ajudarão a ser mais ecológico e sustentável em sua casa e, aliás, economizar dinheiro nas contas.

Aqui estão algumas ‘ecoideias’ que farão você respeitar mais o meio ambiente

E não só isso: no final do mês, o seu bolso também vai agradecer porque quando você pensa em economizar energia em casa, é provável que relacione diretamente com a economia financeira.

Economizar energia não é questão de um dia, mas de mudar hábitos para tentar ser mais eficientes no nosso consumo.

Como você pode imaginar, existem vários motivos para cuidar de nosso gasto energético e nesse artigo iremos dar algumas dicas para isso.

Esgotamento de energia não renovável. A energia derivada de combustíveis fósseis, como carvão ou petróleo, acaba porque o consumo aumenta rapidamente e leva milhares de anos para se regenerar.

Impacto ambiental. Muitas das coisas que fazemos, como dirigir um carro, jogar algo fora ou usar o aquecimento a gás, têm um impacto ambiental que deve ser reduzido se quisermos que as gerações futuras vivam em um planeta saudável.

Riscos derivados da dependência de energias não renováveis. Se toda a energia que utilizamos deriva de fontes não renováveis, teremos uma dependência energética que pode ser afetada pelo uso dos recursos e que pode até ter um impacto econômico e social.

Diante dessa situação, você pode fazer muito em sua própria casa. Economizar energia é importante para muitas casas, mas nem sempre é fácil encontrar hábitos que nos permitam economizar mais. Descubra como economizar energia em casa graças às nossas dicas.

Truques para economizar eletricidade (e dinheiro) em casa

Economizar energia requer mudar uma série de hábitos e modificar certos aspectos em nossa casa que irão reduzir contas de serviços públicos como água, gás ou eletricidade e reduzir nosso impacto ambiental. Você quer começar agora? Anote tudo!

Isole sua casa

É inútil utilizar energia renovável ou tomar outras medidas se a sua casa não for bem isolada e tiver vazamento de calor e frio. Verifique as paredes e janelas para ver se o isolamento está funcionando bem ou precisa ser substituído.

Entre 15% e 35% da perda de calor que ocorre no inverno escapa pelas janelas. Portanto, um dos truques que podemos colocar em prática é colocar cortinas com uma determinada espessura para fazer uma barreira contra o frio. Devemos também cuidar da vedação das janelas. No caso de se utilizarem fechos, é muito útil colocar, por exemplo, calafetagem adesiva.

E é que um bom sistema de isolamento pode levar a uma economia anual de energia de 16 milhões de toneladas a menos de gás de combustão. Em um período de mais de 60 anos, essa solução significaria uma redução nas emissões de mais de 110 milhões de toneladas de CO2 e 35 bilhões de litros de óleo para aquecimento.

Use eletrodomésticos e aquecimento eficientes

Ao comprar eletrodomésticos, certifique-se de que tem a etiqueta energética A. Desta forma, você economiza no consumo pois são os mais eficientes. Representam uma economia a longo prazo: ao consumir menos energia, gasta-se menos eletricidade, o que também tem um efeito positivo na economia doméstica. Acima de tudo, priorizar no caso de geladeiras, máquinas de lavar, televisão, lava-louças ou fogão de cerâmica; pois são os aparelhos que mais consomem.

Verifique a potência elétrica

É importante verificar sua potência elétrica, pois se tiver uma demasiado elevada sem essa necessidade, vai pagar mais na conta de energia.

Desligue as luzes e aparelhos em modo de espera (stand by)

Parece óbvio, mas muitas vezes chegamos em casa e deixamos todas as luzes acesas por onde vamos, ou saímos de casa e o computador e a televisão, por exemplo, ficam em modo de espera e continuam consumindo energia.

Quantas vezes deixamos a luz acesa em uma sala onde não estamos mais? E o fato de acender as três luzes no banheiro quando você só precisa de uma? Mude seus hábitos, apague as luzes quando não estiver usando e desconecte o que não estiver sendo usado.

Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras de energia ou lâmpadas LED

A iluminação da nossa casa tem uma parte importante do consumo de eletricidade. Por isso, é aconselhável evitar lâmpadas halógenas e lâmpadas incandescentes, por serem as menos eficientes, e apostar nos LEDs.

Com este tipo de luminárias você economiza entre 80% e 90% do consumo de energia elétrica na iluminação. Além disso, a vida útil de uma luz LED é muito alta (cerca de dez anos); então, a longo prazo, será mais rentável.

Evite manter o freezer e a geladeira abertos

Já aconteceu com todos nós, abrimos a geladeira e olhamos um pouco sem saber bem o quê.

Abrir a geladeira ou o freezer por muito tempo é uma prática ruim quando se trata de economizar energia.

O frio gerado pela sua geladeira se perde rapidamente quando você faz isso. Portanto, uma dica para reduzir o consumo de energia em casa é adotar este hábito: pense primeiro e depois abra a geladeira. Fácil, certo?

Portanto, existem muitas formas de economizar na energia, sendo que é tudo uma questão de hábito, consciência e aplicá-las diariamente.

Você sabe como economizar energia em sua casa?