Extrato bancário serve para comprovar renda? Tire todas as suas dúvidas!

Muitas são as formas das pessoas olharem para suas rendas e orçamentos, sejam por holerite eletrônico, físicos, extratos e todos eles são importantes para um planejamento financeiro e para as necessidades de comprovação de renda.

A comprovação de renda é a reunião de documentação que indique ao credor que tal pessoa reúne renda suficiente para honrar com a operação com que deseja realizar, seja locação ou compra de imóveis, financiamentos, empréstimos, aumento de limite de crédito, entre outros.

Você sabe quais documentos são considerados e servem para essa comprovação de renda? Tire suas dúvidas agora mesmo!

Comprovação de renda

Diversas ações e transações imobiliárias são um compromisso a longo prazo e, por isso, o banco ou qualquer outra instituição exige entender sobre a renda do indivíduo para que existam cálculos se era possível cumprir ou não com tal compromisso.

Os documentos que comprovam a renda mostram o quanto o indivíduo ganha mensalmente e assim auxilia a instituição na análise de seus dados para as liberações necessárias.

Para aqueles que atuam em regime CLT essa comprovação é mais fácil pois holerite e carteira de trabalho são, normalmente, aceitos como comprovante de renda.

Porém, para aqueles profissionais autônomos esse momento gera dúvidas e o extrato bancário é uma solução.

Quais documentos são possíveis de serem utilizados para comprovação de renda?

A documentação para comprovar renda depende de cada instituição ou necessidade, mas no geral, a documentação requerida é a seguinte:

Holerite/contracheques

Esses funcionam para assalariados e se trata de um comprovante do vencimento mensal do cliente emitido pelo local de trabalho.

Nele estão registrados o salário bruto e o salário líquido após as deduções referentes ao pagamento de impostos. Para utilizar o holerite como comprovante de renda, é preciso apresentar os documentos referentes aos três últimos meses.

Carteira de trabalho

A carteira de trabalho é um dos documentos que podem ser apresentados como comprovante de renda, uma vez que nela também está registrado o valor do salário.

Porém, se o indivíduo ganha valores extras, como comissão de vendas e participação nos lucros, a carteira de trabalho não atesta a quantia real da sua renda. Nesse caso, é preciso apresentar esses documentos adicionais.

Extrato bancário

O extrato bancário é uma alternativa para profissionais liberais e freelancers que não atuam com carteira assinada. De maneira geral, as instituições financeiras solicitam extratos bancários dos últimos três a seis meses para conceder crédito.

Nesse caso, o ideal é que o cliente concentre todos os seus débitos em uma mesma conta corrente ou que juntem todos os comprovantes para que ele possa ser apresentado em valores reais.

Existem várias formas de consultar o extrato bancário, seja pela internet, pelo caixa eletrônico, telefone ou extrato impresso. Os extratos podem ser de diferentes tipos, sejam:

  • Comum: análise de um período determinado, internet e caixa eletrônico;
  • Mensal Consolidado: versão impressa e enviada pelos bancos;
  • Anual Consolidado: o envio é obrigatório e não pode ser cobrado.

Decore

Outro documento que funciona como comprovante de renda é o Decore, a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos.

A emissão desse documento é feita por um contador através de meios eletrônicos e, para que seja realizada, é necessário reunir outros documentos, como recibo de aluguéis e declaração de Imposto de Renda.

O Decore é uma alternativa para profissionais autônomos e pequenos empresários, que não trabalham com carteira assinada.

DASN-SIMEI

Para o microempreendedor individual (MEI), que não trabalha com carteira assinada, uma opção é a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional.

Trata-se de um documento emitido anualmente para comprovar a receita bruta anual do empreendimento no ano anterior.

Você já precisou comprovar sua renda? Quais documentos você utilizou? Fique atento e aproveite que agora você sabe mais sobre algumas das possibilidades!

Extrato bancário serve para comprovar renda