Qual o computador ideal para se trabalhar em casa?

Você quer começar a trabalhar em casa, mas não tem ideia de qual computador para trabalhar em casa é ideal para você.

Qual o computador ideal para se trabalhar em casa

Afinal, são tantas opções que encontramos no mercado, que parece impossível conseguir fazer uma decisão acertada. E os preços então? Mas, será que você precisa de um computador tão avançado assim?

Ou será que seu trabalho demanda um computador com uma configuração mais avançada? E se demanda, o que vem a ser essa configuração mais avançada?

Se esse é o seu caso e essas são algumas das suas dúvidas, não se preocupe! Vamos te orientar para escolher o computador ideal para você trabalhar em casa. Confira!

Computador para trabalhar em casa: como é seu home office?


Parece estranha a pergunta, mas não é. Afinal, com o que você pretende trabalhar em casa? Isso é uma informação fundamental, visto que conforme sua necessidade será o computador mais indicado para você.

Caso o seu trabalho seja trabalhar com editor de textos, responder e-mails e fazer pesquisas pela internet, uma configuração básica e até moderada já é excelente.

Agora, se você necessita trabalhar com imagens, ou vai rodar programas mais pesados, a configuração do seu computador muda e você necessitará de uma máquina mais potente.

Portanto, o primeiro passo é definir o seu perfil: para que o computador para trabalhar em casa será utilizado?

Assim, você conseguirá uma configuração boa e não muito cara do computador para trabalhar em casa.

Assim, a definição do seu perfil é ideal para que você faça uma compra acertada, dentro do seu orçamento e não fique reclamando depois que o computador é lento, ou que trava o tempo todo, etc.

Vamos a alguns exemplos do que seriam diferentes configurações de computadores para trabalhar em casa, conforme sua necessidade.

Configuração básica a moderada


  • Processador Intel Core i5;
  • 4 GB de memória RAM;
  • Armazenamento de 1 Tera ou SSD de 256GB;
  • Placa de vídeo integrada Intel UHD Graphics;
  • Windows 10 Home ou Linux.

Veja que as principais diferenças em relação às configurações mais básicas até as mais avançadas se resumem a: processador, memória RAM, armazenamento e placa de vídeo.

Ou seja, as diferenças estão aí e são elas que, junto com a marca, vão determinar quão caro seu computador ou notebook pode custar. Dessa forma, são detalhes que você precisa saber!

Vamos a alguns detalhes importantes: o armazenamento mais moderno é com SSD. Já os mais antigos são com 1 Tera. A diferença está que no caso dos HD de 1 Tera, eles podem ser corrompidos com mais facilidade do que com a tecnologia mais moderna.

Notebooks com essas configurações têm preço girando em torno de R$ 3.000 até R$ 4.700, dependendo muito da marca escolhida. Para essas configurações, nos baseamos nos notebooks Dell, por exemplo.

Lembrando que há marcas boas, com preços mais enxutos, como a Asus e a Positivo, por exemplo.

Repare que a placa de vídeo desse modelo é boa, o suficiente para rodar vídeos, imagens, até filmes, mas não é uma placa indicada para quem deseja rodar programas de edição de imagens mais pesados, por exemplo.

E se você pretende destinar esse mesmo computador para seu filho usar para games, então você precisa de uma placa de vídeo bem mais poderosa para isso.

Configuração mais avançada


  • Processador Intel Core i7 ou Intel Core i9;
  • Windows 10 Professional;
  • Memória de 8 GB RAM ou com 16 GB de RAM;
  • HD de 256 GB SSD ou com 512 GB;
  • Placa de vídeo NVIDIA GeForce MX350 com 2 GB de GDDR5;
  • Notebook ultrafino com leitor de impressão digital.

Nessas configurações mais avançadas, os preços são bem mais elevados, visto que a performance do computador é bastante alta. Mas, são modelos ultraleves e indicados para quem vai trabalhar com softwares pesados ou edições de imagem e vídeo.

A resolução da tela desses modelos com configurações mais avançadas também é bastante superior. Além disso, no caso dos notebooks, os modelos mais avançados são mais leves, com peso variando de 1,2 kg até 3,2 kg.

Notebook ou desktop?


Isso depende muito do seu perfil e gosto pessoal. Há pessoas que só trabalham com notebooks e adoram. Já outras preferem desktops.

Mas, aqui vai uma dica: se você prefere um desktop a um notebook, os desktops costumam ter preços mais amenos e podem ser configurados de maneira diferente também. Portanto, vale pesquisar!

Há sites, inclusive, que você pode comprar os desktops ou as peças em separado (se desejar montar o seu próprio desktop), mas isso só é recomendado se você tem experiência nisso ou então tem como levar as peças para um serviço técnico executar o serviço para você.

Sites como o Kabum, por exemplo, sempre oferecem cupom Kabum, dando bons descontos em seus produtos.

Agora que você já teve uma boa orientação, estabeleça seu perfil, suas preferências e o seu orçamento: assim, você vai conseguir escolher o melhor computador para trabalhar em casa!
Postagem Anterior Próxima Postagem