Day Trade vale a pena?

O Day Trade é uma operação que causa dúvidas no mercado financeiro e conhecer sobre ela é o caminho para entender se ela vale a pena ou é problema para a carteira

Day Trade

Muitos são investimentos e formas de colocar seu dinheiro para trabalhar disponíveis no mercado, desde renda fixa, poupanças, previdência empresarial, day trade e muitas outras opções. Porém, diversas possibilidades de investimentos e operações ainda causam dúvidas e até mesmo medo e incerteza para os indivíduos.

O day trade é um desses, que causa alvoroço, mas ainda é motivo de desconfianças. Você já ouviu falar que esse investimento é “furada”? Ou já ouviu falar como ele pode ser extremamente rentável para o investidor?

Para te ajudar com esse tema, reunimos informações sobre o investimento para que você entenda se ele vale ou não a pena. Confira!

O que é Day Trade?


Para entender se ele vale a pena é preciso saber do que se trata, certo? Sendo assim, o Day Trade é uma modalidade de operação na bolsa de valores visando o curto prazo e ganhos rápidos.

O Day Trade, como seu nome “a transação do dia” diz, é uma operação de um dia, ou seja, a compra e venda dos ativos se dá no mesmo pregão e aquele que opera a modalidade sempre finaliza suas posições e recolhe seus lucros ou prejuízos a cada final de horário da bolsa.

Quem realiza esse tipo de transação recebe o nome de day trader e é ele que especula o que é vantajoso ou não durante o pregão para fazer os investimentos e colocar dinheiro no melhor negócio.

O objetivo nesse investimento é comprar ativos pelo menor preço possível e vendê-los pelo maior preço possível, lucrando com as oscilações de curto prazo das ações na bolsa.

Dessa forma, o day trader não está interessado em se tornar acionista e ganhar com o crescimento das empresas a médio e longo prazo, mas aproveitar a volatilidade do mercado para obter retornos rápidos.

E esse investimento vale a pena?


Comprar e vender ações no mesmo dia, visando o aumento e a vantagem de cada uma delas no mercado pode parecer tentador, mas será que essa operação realmente vale a pena?

Assim como outros investimentos, existem vantagens e desvantagens e é preciso verificar os pontos para entender se isso faz sentido para você.

É preciso dizer que viver de especulação é uma tarefa difícil, afinal, não há como prever o que de fato vai acontecer no mercado, exige-se dedicação e conhecimento e nem sempre os riscos serão garantidos.

Dito isso, vamos falar de alguns pontos negativos ou positivos para que você tenha argumentos para a resposta se de fato vale ou não a pena.

Vantagens do day trade


  • Alavancagem: é possível investir em day trade sem ter, necessariamente, todo o dinheiro necessário para comprar as ações – basta ter uma garantia. Dessa forma, você só precisa pagar pelas perdas ou receber o lucro da operação;
  • Agilidade: por ser uma operação de um único dia, permite aproveitar oscilações na bolsa para ter um ganho rápido;
  • Possibilidade de ganhar com a queda: além de ganhar com a valorização de ações, também dá para lucrar ao vender ações e depois comprá-las por um preço menor;
  • Liquidez: a facilidade de resgatar ou vender um ativo no Day Trade é uma das grandes vantagens. Por isso, quando o pregão acaba, você já sabe quanto conseguiu ganhar ou quanto vai ter que pagar de prejuízo;
  • Possibilidade de ganhos altos em um curto prazo: como é uma operação feita em um único dia, é possível (mas não garantido) ganhar dinheiro rápido.

Desvantagens do Day Trade?


  • Day Trade não é um investimento de longo prazo: para aqueles que desejam construir uma carteira de longo prazo, essa não é uma boa modalidade. Na prática, trading não é exatamente um investimento e sim uma atividade especulativa, então, é preciso cuidado.
  • Dedicação e conhecimento: o day trade exige dedicação diária para acompanhar o mercado, fazer análises e ainda operar. Por isso, se você não tem tempo ou se não deseja se dedicar dessa forma, certamente essa será uma desvantagem.
  • Custos: os custos envolvidos nas negociações podem não ser tão baixos. Se há a cobrança de taxa de corretagem, por exemplo, o custo final (somando todas as operações) pode ser significativo. Também é preciso ficar atento aos custos com imposto: o day trade é tarifado em 20% do seu lucro.

Ao olhar para vantagens e desvantagens, não dá para cravar que o Day Trade vale muito a pena ou que ele é uma furada. Assim como outros tipos de movimentação financeira, ele depende do perfil, conhecimento e dedicação do investidor.

Essa pode ser uma forma de conquistar dinheiro, mas é preciso ter atenção, afinal, esse não é um rendimento de longo prazo e é importante ter esse tipo de planejamento financeiro.

Você já conhecia o day trade? Você acha que ele faz sentido para seu perfil? Reflita os benefícios e malefícios e entenda se ele pode valer a pena para sua carteira!
Postagem Anterior Próxima Postagem