Está estudando? Saiba quando é hora de procurar um estágio

Olhar para os colaboradores é uma grande função do RH, sejam eles estagiários, trainees ou efetivos. Todo profissional, seja em início de carreira ou experientes, fazem toda a diferença para a organização e eles são cruciais de serem acompanhados.

Estagiarias

Para aqueles que estão em início de carreira, é importante estar atento às oportunidades para iniciar no mercado de trabalho. Se você está estudando, seja no nível técnico ou superior, é necessário ficar de olho em seu momento de procurar um estágio e iniciar sua carreira. Você já pensou sobre isso? Saiba mais sobre o tema!
 

O que é o estágio?


O estágio é um período em que os estudantes podem colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula e, mais do que uma complementação do aprendizado, ele é a porta de entrada para diversos profissionais no mercado.

A intenção do estágio é aperfeiçoar os conteúdos aprendidos na teoria e iniciar vivências nas empresas e mercado de trabalho, gerando uma relação sólida entre aluno e sociedade.

Vale dizer que o estágio pode atingir estudantes com mais de 16 anos que estejam devidamente matriculados no ensino médio, profissionalizante ou superior.

O estágio é regulamentado por Lei, a Lei 11.788, que conta com diversas condições para que não existam prejuízos para empresas ou estudantes no contrato de trabalho. Esse tipo de modalidade de trabalho pode ser obrigatório para conclusão do curso, ou não obrigatório, no qual o estudante recebe bolsa-auxílio pelos serviços prestados.
 

Quando começar o estágio?


Há grande dúvida sobre quando iniciar essa busca, afinal, alguns dizem que é importante começar o quanto antes e outros recomendam esperar certo momento do estudo. Você já se perguntou sobre isso?

Antes de procurar por um estágio, é importante entender se o seu curso exige estágios obrigatórios ou não. Em casos de cursos em que o estágio é necessário para sua conclusão, é natural que toda a grade curricular inicial seja toda desenhada para que esse momento do curso seja alcançado, ou seja, é importante esperar esse período do curso para iniciar a busca.

Nesses casos, a tendência é que os primeiros semestres sejam dedicados a teorias e maiores períodos de aula e o fim do curso seja dedicado ao estágio, fazendo com que o aluno não precise dividir diariamente seu tempo entre trabalho e estudos.

Para aqueles em que o estágio não é obrigatório, vale a pena buscar por oportunidades mesmo no início dos estudos, afinal, é uma grande chance de unir teoria à prática e aprender sobre o dia a dia das organizações.

Quanto mais perto do fim do curso a busca for iniciada, menor será seu tempo para trabalhar em uma organização, certo? Portanto, o ideal é que essa busca não fique para o fim do curso.

Mesmo que o estudante tenha a impressão de que o estágio exige muito do aluno, é importante não se intimidar e entender que esse é o momento ideal para aprender. Ainda que existam vagas que fogem desse contexto – e esse é um erro da empresa e não do estudante –, os estágios são feitos para o aprendizado e para o conhecimento daqueles que estão começando no mercado.

É importante dizer também que em grandes empresas e programas consolidados de estágio pode haver exigência sobre o mínimo de semestres cursados pelos alunos. Nesse caso, é preciso acompanhar os locais em que você gostaria de atuar para não perder prazos e chances.

Também é válido dizer que não existe uma data correta para o início dessa modalidade de trabalho, afinal, cada curso conta com sua grande e especificidades. Sendo assim, vale a pena conversar com seus professores, coordenadores e alunos veteranos para entender ainda melhor como seguir em sua busca.

E mais do que estágios em empresas, não deixe de avaliar as oportunidades dentro da universidade, como atividades extracurriculares, iniciação científica, empresa júnior, bolsas de capacitação. Mesmo que não sejam estágios, essas possibilidades são de grande valor para currículo e carreira dos futuros profissionais.

Seja dentro da escola ou universidade ou no mercado de trabalho, lembre-se que todas as experiências são válidas para compor sua base de conhecimento, aumentar seu networking e rechear seu currículo para o futuro.

Em estágios obrigatórios ou não, atividades extracurriculares, cursos ou sala de aula, o importante é se atualizar, buscar conhecimentos e se desenvolver para ser sempre um bom profissional.

Você está estudando? Já pensou em fazer estágio? Aproveite nossas dicas e repense seu planejamento!
Postagem Anterior Próxima Postagem