Entenda o significado oculto e referências dos comerciais de WandaVision

WandaVision está dando aos fãs do Universo Cinematográfico da Marvel (o famoso MCU) uma nova oportunidade de prestigiar as histórias do estúdio. Afinal, finalmente estamos vendo SÉRIES que realmente acompanham os eventos do universo dos Vingadores.

Referências dos comerciais

A misteriosa série teve início no meio de janeiro, e semanalmente temos uma nova entrada que resolve muitas dúvidas, mas em contrapartida deixas vários novos mistérios. Os episódios inéditos chegam todas as sextas no Disney+, e aqui, explicaremos algumas coisas sobre os quatro primeiros!

Obviamente, caso não tenha visto esses episódios, fica o alerta de SPOILERS! Mas caso você já tenha assistido, ou queira tirar algumas dúvidas mesmo assim, falaremos sobre um detalhe bem intrigante até aqui. Já que a série possui COMERCIAIS FALSOS.

Sabemos o quanto a proposta da série traz homenagens diretas à antigas séries de TV, passeando por décadas das sitcoms americanas dos anos 50 aos 70. E para simular essa experiência de estar vendo uma série da Marvel nos anos 50, os episódios possuem comerciais falsos.

Simulando o estilo, linguagem e comunicação das propagadas de TV de tais épocas. Porém, esses comerciais são muito mais do que meras homenagens históricas. Portanto, vamos explicar os significados e REFERÊNCIAS presentes em todos eles.

Episódio 1: Torradeira e Homem de Ferro


Seguindo a dinâmica de parecer algo dos anos 50, o comercial do primeiro episódio não podia ser diferente. Fazendo uma referência ao personagem que iniciou o MCU e os Vingadores: Tony Stark, o Homem de Ferro.

Nesse episódio, vemos o comercial de uma TORRADEIRA das Indústrias Stark. E aqui, temos uma referência bem sutil ao que parece ser um dos eventos mais traumáticos da vida de Wanda.

Percebe-se que a torradeira demora um certo tempo para torrar o pão, enquanto uma luz vermelha fica piscando, destoando do preto-e-branco de toda a cena. Ao mesmo tempo em que a luz pisca, o mistério persiste, vemos o nome STARK impresso no aparelho.

E isso, por incrível que pareça, é uma referência ao atentado que matou os pais de Wanda e Pietro. Em Sokovia, a casa da família Maximoff foi atingida por dois mísseis com o nome das Indústrias Stark. Um deles, matou os pais dos gêmeos.

Enquanto o segundo míssil não explodiu, deixando os irmãos em puro medo até conseguirem escapar. 

Episódio 2: HYDRA


E logo no segundo episódio, tivemos mais um comercial que se conecta com outro evento importante da vida de Wanda. Dessa vez, a conexão vem através da HYRA. A organização secreta e maligna da Marvel pode ter chegado ao 'fim', mas após os eventos de O Soldado Invernal, eles ainda tiveram algumas operações.

Como visto em Era de Ultron, alguns capangas da HYDRA, liderados pelo Barão Von Strucker, conduziram experimentos com alguns artefatos que eles tinham em posse, incluindo o Cetro de Loki com a Joia da Mente.

No segundo comercial, vemos o anúncio de um relógio com o nome de STRUCKER, vendido como um acessório indispensável. Além, é claro, do símbolo da HYDRA estampar o relógio e não deixar dúvidas do que se trata.

E é aqui que temos a chave para o significado desse comercial, já que Strucker foi responsável por conduzir os experimentos com a Joia da Mente que criaram os poderes de Wanda e Pietro. Portanto, a origem da nossa Wanda poderosa e a ligação com Strucker marcam mais um momento histórico da vida da protagonista dessa trágica alteração de realidade.

Episódio 3: Um sabonete com muitos significados


Por fim, temos o comercial ao estilo anos 70 no terceiro episódio. Em meio à gravidez acelerada de Wanda, tivemos uma pausa para um comercial bem sugestivo. Aqui, vimos uma mãe de casa e os estresses diários dos afazeres e de cuidar de crianças levadas.

É sujeira, trabalho e cansaço. Até que a voz do narrador oferece à mulher um descanso. Com isso, a vemos relaxando em uma banheira, enquanto o produto - sais de banho e sabonete da HYDRA - é anunciado, com a promessa de dar uma nova realidade à mulher, e uma vida de rainha.

Aqui, temos duas coisas interessantes. Já que um sabonete/sais de banho azul feito pela HYDRA é uma referência DIRETA a uma outra série da Marvel, a subestimada Agents of S.H.I.E.L.D.

No caso, a série protagonizada pelo Agente Coulson, faz menção a um sabonete azul feito pela HYDRA, cujo objetivo era de apagar as memórias de quem o usasse, criando uma ilusão de estarem em um mundo tranquilo e perfeito de pura paz.

Algo que é bem condizente com o que estamos vendo em WandaVision. Além de, obviamente, a proposta do comercial ser basicamente a história da série: com a mãe cansada de sua vida e rotina diária, aceitando a proposta de uma nova realidade e vida melhor.

Só que sendo a Wanda no lugar da dona de casa, e a morte do Visão e tanta tragédia tomando o lugar de simples crianças e leite e cereal derramados. Não é à toa, é esse mesmo episódio onde vemos a menção à morte de Pietro, que gera uma reação raivosa de Wanda.

O quarto episódio quebrou o padrão de séries de TV, por isso não teve um comercial inédito, mas continuou a refletir nas tragédias e perdas sofridas por Wanda, com aquela aparição do Visão em um corpo morto, sem cor e com a cabeça estourada após a retirada da Joia da Mente pelo Thanos.

Agora, nos resta aguardar pelos próximos episódios e ver como eles continuarão lidando com esses comerciais, e quais referências eles trarão!
Postagem Anterior Próxima Postagem