Tudo o que você precisa saber sobre Alvenaria estrutural

Alvenaria estrutural é um sistema que vem desempenhando um importante papel no setor da construção civil, priorizando o projeto, planejamento e a industrialização dos empreendimentos.

Veja neste artigo um breve resumo sobre o que é, quais são suas vantagens e desvantagens.

Construção feita com alvenaria estrutural

O que é Alvenaria Estrutural?


É um método construtivo, onde as paredes tem como função suportar às cargas horizontais e também verticais.

Consiste em utilizar paredes feitas de alvenaria, seja de blocos de concreto, cerâmicos,entre outros, para suportar todas as cargas estruturais do projeto, transferindo a mesma para fundação.

A alvenaria é um dos materiais de construção mais utilizado, uma vez que seu tempo de execução é bem mais rápido que outros meios, isso se comparado com os métodos por concreto armado.

Vantagens


As estruturas apresentam algumas vantagens, sendo elas sua padronização, economia de materiais e industrialização.

Considerado um método simples, facilita o meio construtivo e diminui os custos. Suas edificações mostram grandes benefícios nos aspectos sócio-econômicos e condições climáticas do país.

Outras vantagens são que não é necessários formas para sua execução, apresenta também uma redução de mão de obra e custos.

Desvantagens


Apresenta algumas desvantagens, nada que atrapalhe os sistema de construção, mais não deixa de ser uma limitação.

  • É necessário um controle de qualidade, pois se utiliza mais materiais em sua construção;
  • Mão de obra qualificada e bem treinada;
  • Não apresenta flexibilidade para remoção de paredes na edificação, com a finalidade de aumentar os vãos centrais no ambiente.

Alvenaria com Blocos de Concreto


Considerado o modelo de bloco mais resistente e pesado, são utilizados na alvenaria estrutural em três categorias:

  • Blocos de concreto em vedação: são mais leves e assim como os blocos cerâmicos são utilizados apenas para vedação, divisão dos ambientes, não suporta o peso de estruturas, somente sua própria carga;
  • Blocos de concreto estrutural: estes são maiores e mais pesados, são utilizados como à própria estrutura da edificação, não sendo necessários o uso de vigas e pilares. É importante lembrar que eles não podem ser quebrados, uma vez que são responsáveis por suportar as cargas estruturais.
  • Blocos tipo canaleta: são similares aos de concreto, porém possuem um furo vazado e mais largo, desta forma facilita a passagem de ferragem. São muito utilizados em fundações, amarrações de obras,etc.

Alvenaria com Blocos Cerâmicos


Os blocos cerâmicos são feitos de argilas e são queimados nos fornos, possuindo 6 furos perpendiculares em sua face. São sem dúvidas um dos mais utilizados não construção civil.

Possuindo diversos tipos e tamanhos, sendo alguns com furos diferentes, os blocos cerâmicos são usados na alvenaria estrutural no intuito de se realizar uma vedação, ou seja sua principal função é proporcionar privacidade nas paredes.

Esses blocos não possuem sustentação, podem ser facilmente quebrados. Mais dever ser levado em consideração, que existem sim outros tijolos cerâmicos com capacidade estrutural, estes são maiores e mais resistentes.

São geralmente mais baratos que os blocos de concreto e proporcionam um isolamento térmico melhor.

Amarração direta


Parte do padrão de distribuição dos blocos, nos quais as juntas verticais de defasagem de no mínimo um terço do comprimento dos blocos, ou seja os mesmos vão se travando.

Para esse modelo pode ser 3 modelos:

Amarração em L: São utilizados blocos especiais em todas fiadas dos cantos da parede. Geralmente são blocos da família 14 x 34 ou 14 x 54.

Amarração em T: Para essa amarração são utilizados blocos nos encontros das paredes, segue a mesma família de blocos, 14 x 34 e 14 x 54, sendo que na primeira fiada são usados os blocos de menores dimensões e na fiada de cima os de maiores.

Amarração em Cruz: Nesse tipo de amarração as paredes se cruzam entre si, onde no meio são colocados os blocos de 14 x 54 e na saída são utilizados os blocos de 14 x 34.


Temos também além da amarração direta, a “amarração indireta” Nesse caso, não há defasagem nas juntas, mais são necessários a utilização de grampos.
Postagem Anterior Próxima Postagem