Justificativa para a elaboração de um planejamento de longo prazo

Há pelo menos três boas razões para as grandes cidades realizarem atividades relacionadas ao planejamento estratégico de longo prazo.

Estação Júlio Prestes

Uma melhor integração e articulação dos planos setoriais


Em primeiro lugar, o planejamento estratégico contribuiu para uma melhor integração e articulação dos planos setoriais com as decisões estratégicas recorrentes em cada gestão, estabelecendo prioridades e, assim, assegurando o uso mais coerente e eficaz dos recursos públicos.

A construção de comprometimento dos governos presente e futuros


Em segundo lugar, o planejamento estratégico contribui para a construção de comprometimento dos governos presente e futuros, da sociedade civil, do setor privado e da população em geral com a Visão de Futuro desejada para São Paulo. Nesse sentido, o Plano é um instrumento de construção de consensos e desempenhando importante papel para a transformação de ciclos políticos em ciclos de desenvolvimento.

Instrumento eficaz para a Cidade lidar de forma adequada com desequilíbrios associados ao seu desenvolvimento pregresso


Por fim, o planejamento estratégico é instrumento eficaz para a Cidade lidar de forma adequada com desequilíbrios associados ao seu desenvolvimento pregresso, bem como para orientar seu desenvolvimento presente e futuro para padrão que seja socialmente justo e ambientalmente sustentável.


Postagem Anterior Próxima Postagem