Como proteger os eletrodomésticos da exposição solar?

Meteorologistas revelam que o verão em 2023 deve ter altas temperaturas no Rio Grande do Sul e chuva acima do normal em Santa Catarina e Paraná. O Sudeste, por sua vez, deve sofrer com elevados índices de calor. 

Além dos cuidados com a pele, é vital proteger os eletrodomésticos do contato direto com a luz solar, uma vez que ela causa problemas irreversíveis à tela, processadores e bateria. 

Para se ter uma ideia, o sol pode até derreter o plástico da parte exterior dos equipamentos. 

Quer evitar esses cenários em sua residência? 

Então, continue lendo este artigo e saiba como proteger a sua casa das altas temperaturas. 

Como proteger os eletrodomésticos da exposição solar? Confira 6 dicas! 

A exposição ao sol aumenta o desgaste dos aparelhos que, em alguns casos, podem até interromper o funcionamento desses itens. 

Para driblar esses problemas, siga os seguintes passos:

  • Instale cortinas;
  • Aplique película de proteção;
  • Altere os móveis de lugar;
  • Proteja os aparelhos com lona;
  • Tenha cuidado com as chuvas de verão.

Vamos entender cada um deles! 

1- Instale cortinas

Cortinas são consideradas uma espécie de protetor solar, visto que elas barram a luminosidade no ambiente. 

Porém, dê preferência para as tonalidades mais claras, pois as escuras retêm calor e aumentam a temperatura da casa. 

Tendo isso em vista, escolha peças em seda, linho, sarja ou até mesmo richelie – todas em tons claros, ok? 

2- Aplique película de proteção 

O uso de películas nas portas de vidro e janelas da sala filtra grande parte dos raios ultravioletas e da luz solar, o que diminui a sua intensidade e o calor no interior da residência. 

3- Altere os móveis de lugar 

Caso o orçamento esteja apertado para instalar cortinas ou colocar película de proteção, a estratégia mais econômica é trocar os móveis de lugar. 

Por exemplo, se o painel para TV recebe muita luz durante o dia, experimente colocá-lo na parede onde os raios solares não penetram nesse espaço. 

A mesma orientação vale para outros cômodos da casa, como a cozinha. 

Se o processador, liquidificador, batedeira e outros utensílios estão sem nenhuma proteção, guarde esses aparelhos em um local com sombra. 

Outro cuidado importante é com a geladeira, que não gosta de calor externo, uma vez que ela força o motor a operar com mais intensidade para manter a temperatura interna, o que reduz a vida útil do eletrodoméstico. 

Logo, quanto mais ventilado for o espaço, melhor. 

4- Proteja os aparelhos com lona 

Lonas são ótimas aliadas contra a incidência de luz, calor e também do acúmulo de poeira em diversos aparelhos da casa. 

Sabemos que a lona não é algo bonito quando falamos de visual, mas ela é uma opção de proteção quando não há possibilidade de instalar uma cortina ou películas de proteção nas janelas. 

Além disso, esse tecido é bem fácil de ser retirado, quando tiver interesse em utilizar algum equipamento. 

5- Tenha cuidado com as chuvas de verão 

A exposição solar não é a única vilã dos eletrodomésticos, sobretudo, no verão, quando ela vem acompanhada de chuvas fortes e índices elevados de umidade. 

Isso porque a mistura da umidade com o pó faz com que as moléculas se grudem nas placas, o que pode resultar em curtos-circuitos (passagem da corrente elétrica acima do normal). 

Portanto, faça uma limpeza contínua nesses aparelhos e recorra a um especialista para que ele aplique uma manutenção, que reduz os problemas e garante o bom funcionamento desses itens. 

A princípio, essas dicas podem parecer complicadas, mas, quando são adicionadas em nossa rotina, elas ficam mais fáceis do que parecem.

Como proteger os eletrodomésticos da exposição solar