O que é uma Balança de Fluxo e para que serve

Uma das etapas mais importantes em qualquer operação de uma empresa de produtos é a pesagem da carga. Esse processo é crucial para a continuação da viagem das mercadorias. 

Para pesagem de mercadorias, existem 4 tipos de balança: balança de fluxo, balança estática, balança dinâmica e balança de lote.

Neste artigo, você analisará mais profundamente a balança de fluxo, aprenderá o que é esse modelo de balança, como ela funciona, seus prós e contras e se é um bom investimento.

O que é e como funciona a balança de fluxo?

Cada balança funciona de um jeito diferente, incluindo as balanças de fluxo, que funcionam de forma específica.

Enquanto os modelos de balanças estáticas e dinâmicas pesam cargas já colocadas nelas, as balanças de fluxo funcionam de maneira diferente. Nela, as cargas são pesadas antes de serem colocadas no compartimento que transportará essas mercadorias.

Dessa forma, o processo de pesagem do balanceamento de fluxo ocorre antes do carregamento dos compartimentos, ou no final do descarregamento. Tais balanças possuem um ciclo de pesagem de fluxo contínuo, razão pela qual também são chamadas de balanças de fluxo contínuo.

Para pesar as cargas, elas são adicionadas a uma balança de fluxo que pesa em “tempo real”, permitindo que o valor seja visualizado assim que a caçamba da balança estiver cheia.

Nesse sentido, a balança pode ser programada para encerrar o processo assim que a balança atingir o valor de peso desejado para o operador em questão.

Quais os prós e contras da balança de fluxo?

Como outros modelos de balança, a balança de fluxo tem suas vantagens e desvantagens.

Em primeiro lugar, é interessante destacar os benefícios que ela pode oferecer às empresas envolvidas nesse processo de transporte de cargas. A pesagem de carga é um processo importante para qualquer empresa, pois permite que a carga circule totalmente no trajeto.

Como cada local possui regras específicas que determinam o peso máximo para cada carga, esse processo ajuda a garantir que as máquinas ou operários cumpram as métricas estabelecidas de sua empresa.

Quando o limite de peso definido para cada faixa é ultrapassado, os produtos devem parar de serem colocados e só podem continuar após a situação ser resolvida.

Nesse sentido, uma das vantagens de uma balança de fluxo é que ela evita que isso aconteça pois, diferentemente de outros modelos de balanças que pesam um produto que já está em movimento, uma balança de fluxo pesa o produto antes que ele comece a se movimentar.

Além disso, como a pesagem é controlada, ou seja, a carga é colocada nos locais que aderiram a essas métricas estabelecidas pela empresa, os produtos saem do seu local sabendo que poderão seguir seu trajeto sem interrupção.

Outra vantagem das balanças de fluxo é que elas têm uma construção muito robusta e protegida que reduz ou até evita interferências de fatores como vento e poeira, que podem dificultar a precisão da pesagem.

Por fim, por ser um processo contínuo e programado, a balança de fluxo garante alta precisão na pesagem, reduzindo bastante as chances de a empresa envolvida ser prejudicada por pagar mais do que a mercadoria recebida.

Se ocorrer uma perda durante o trajeto, ela pode ser pesada novamente durante o processo de descarga para descobrir a quantidade desperdiçada.

No entanto, a balança de fluxo também apresenta algumas desvantagens que precisam ser discutidas.

A mais relevante é que, como sua operação consiste em pesar pouco a pouco o valor da carga nela colocada, o processo pode acabar sendo um pouco lento, principalmente durante o carregamento da carga.

A agilidade no processo de pesagem de cargas é uma necessidade importante que as empresas precisam estar atentas, pois ajuda a agilizar o fluxo, principalmente em um trajeto onde o volume de carga é alto e exige rapidez na movimentação.

Além disso, outra desvantagem das balanças de fluxo é que elas precisam caber em um espaço muito grande devido ao tamanho da sua estrutura. 

Ainda assim, é necessário usar várias balanças de fluxo ao mesmo tempo, adicionando mais espaço para se construir a fim de acomodar essas balanças.

Por causa disso, tanto o espaço necessário para construir quanto a necessidade de usar várias balanças, acabou tornando o equipamento muito caro.

A balança de fluxo é um bom investimento?

Levando em consideração sua operação, tamanho, vantagens e desvantagens, pode-se concluir que o investimento na balança de fluxo depende em grande parte do fluxo de transporte de materiais do local. 

É uma boa opção se o tempo de carregamento não for um problema de impacto. Por outro lado, para empresas com muitas cargas por dia, os custos operacionais podem inviabilizar um investimento em escala de fluxo.

Embora seja garantida uma boa precisão no comprimento da carga, o tempo de carga, combinado com os altos custos de aquisição e manutenção da balança, não tornam esse investimento muito barato, porém, ainda assim é uma ótima aquisição caso supra as necessidades da sua empresa.

O que é uma Balança de Fluxo e para que serve