Investimento: é possível abrir uma franquia de energia solar?

A maior parte da energia elétrica no Brasil é produzida a partir das usinas hidrelétricas, o que deixa o sistema de eletricidade brasileiro bastante dependente de rios e represas. 

Com o aquecimento global e a mudança no ciclo das chuvas, os níveis dos reservatórios têm se recuperado de forma lenta das estiagens, obrigando o setor a usar outras formas de produção e encarecendo os custos.

Com isso, a procura por formas alternativas de produção energética tem sido cada vez maior. A energia solar tem se destacado entre as opções, já que pode ser facilmente instalada nas residências e empresas. Além disso, ela pode ser uma forma de conseguir trazer retornos financeiros.

Vantagens da energia solar

A energia solar ficou conhecida pelo alto custo de investimento inicial, entretanto ela ainda continua valendo o investimento, pois, em pouco tempo, é possível ter um retorno sobre o valor de compra dos equipamentos e de todo o projeto de instalação, seja através do financiamento de energia solar ou por outros modos.

Essa fonte de energia oferece mais segurança como uma alternativa para a imprevisibilidade das chuvas a cada ano, assim como é uma alternativa mais sustentável, pois não emite poluentes e não exige obras muito grandes, que atrapalham o ecossistema.

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), esse setor movimentou também a economia, sendo responsável por gerar mais de 240 mil empregos no Brasil, além de receber investimentos em torno de R$ 46 bilhões em cerca de 9 anos.

Durante esse tempo, a energia solar também conseguiu evitar que mais de 9,5 milhões de toneladas de carbono chegassem à atmosfera, o que trouxe ainda mais atenção ao mercado, que vira seus olhos a medidas mais sustentáveis, uma vez que deve atrair mais investimentos.

Projeções para o setor de energia solar

De acordo com especialistas do mercado, a expectativa é que o setor continue crescendo nos próximos anos. Principalmente para os empreendedores que querem atuar em modelos de negócios que sejam ambientalmente responsáveis, além de rentáveis. Afinal, assim como pode trazer retornos financeiros para as empresas, traz benefícios para a sociedade.

Uma outra vantagem que posiciona a franquia de energia solar como promissora é a possibilidade de trabalhar de casa, classificando-a como uma franquia home based.

O que é necessário para entrar no setor

Para começar a investir no setor, é importante seguir algumas recomendações. A primeira é ter um perfil adequado, principalmente para a área de atuação em questão.

Se for na área de vendas, por exemplo, é preciso ter habilidades de comunicação para fechar negócios. Já na área dos projetos é importante ter formação em engenharia e especialização na parte elétrica.

Conhecer bem o setor é essencial. Ir além da sua área de atuação ou como está o mercado, conhecendo o funcionamento da energia solar, é um conhecimento básico. É interessante continuar se especializando e se atualizando, buscando por novas tecnologias, novos sistemas, e conhecer todas as normas, materiais e softwares específicos.

Também pode ser importante buscar parcerias e contratar outros profissionais ou empresas especializadas para realizar o que não está na sua área. Sejam questões de marketing ou de contabilidade, por exemplo, é válido buscar por profissionais mais especializados e que sejam capazes de oferecer o melhor serviço e resultados mais expressivos.

O mesmo deve ser feito quanto à instalação. Afinal, apenas dominar as normas sobre o processo pode não ser o suficiente, sendo necessário utilizar os equipamentos e os maquinários mais adequados.

Investimento é possível abrir uma franquia de energia solar