Você conhece todas as versões do Coringa no cinema até 2021?

Coringa (Joker) é um dos mais icônicos vilões dos quadrinhos e cultura pop e suas interpretações no cinema já renderam 2 Oscars aos atores que o interpretaram. Mas você sabe como foi a sua criação nos quadrinhos e quantas vezes ele apareceu nos cinemas? Venha conhecer conosco!

Coringa – A origem

O personagem foi criado em 1940 por Jerry Robinson, Bill Finger e Bob Kane tendo sua primeira aparição logo no quadrinho número 1 do Batman.

A história mais aceita até hoje para sua criação é que os autores se inspiraram no filme mudo O Homem que Ri, de 1928. Nesse filme o personagem Gwynplaine, interpretado pelo ator Conrado Veidt, possui um rosto desfigurado e sorriso constante, características essas que foram transportadas para o Coringa que conhecemos.

Agora que sabemos mais sobre a origem do personagem, vamos aos filmes e atores que deram vida ao palhaço do crime!

1966 – Cesar Romero – Batman, o Homem-Morcego

Aproveitando o sucesso da clássica série do Batman (1966 – 1968) os produtores não tiveram dúvidas, produziram um filme no mesmo ano da primeira temporada para servir de divulgação da série no exterior.

Com isso tivemos a primeira aparição do Coringa nas telonas, interpretado pelo “amante latino” Cesar Romero, que não quis se desfazer de seu clássico bigode durante as filmagens e com isso o cobria com maquiagem branca. Deu vida a um Coringa desvairado e exagerado, bem ao tom de comédia que a clássica série pedia.

1989 – Jack Nicholson – Batman, O Filme

Que o já premiado astro de Hollywood foi uma excelente escolha para o papel nós já sabemos. Sua interpretação de um Coringa enlouquecido é lembrada até hoje, mas você sabia das exigências que ele fez para aceitar o papel?

Além de folga das filmagens nos dias que os Lakers estivessem jogando em Los Angeles, ele fez um acordo para receber um percentual da bilheteria do filme. Através desse acordo ele conseguiu cerca de 60 milhões de dólares devido ao mega sucesso que o filme obteve nas bilheterias pelo mundo, sendo até hoje o maior cachê de um ator em um único longa-metragem! 

E tem mais, nos cartazes seu nome possui maior destaque que o do Batman (Michael Keaton) e seu personagem tem maior tempo de tela também.

1993 – Mark Hamill – Batman: A Máscara do Fantasma

Aproveitando a mesma ideia do filme de 1966, o filme Batman: A Máscara do Fantasma foi produzido para aproveitar o sucesso da série animada da Warner/DC e divulgá-la. Sendo mais sombria, essa animação conseguiu capturar melhor o espírito das histórias do Batman que os live actions anteriores. 

Nesse filme o personagem do Coringa foi dublado pelo eterno “Luke Skywalker”, ou melhor dizendo, Mark Hamill, ganhando inclusive uma versão em HQ, sendo aclamada pelos fãs até hoje como a melhor versão fora dos quadrinhos.

2008 – Heath Ledger – Batman: O Cavaleiro das Trevas

Aclamada de forma quase unânime como a melhor versão cinematográfica do Coringa, essa versão aparece constantemente como um dos maiores vilões do cinema, o ator australiano Heath Ledger compôs um vilão que vai além do “palhaço do crime” visto até então.

Sua composição de Coringa foi feita de forma a dar medo e de se esperar algo ruim acontecendo quando o personagem entra em cena. Seu modo de andar, os lábios, a fala, tudo foi pensado pelo ator, que se entregou a “loucura” do personagem e presenteou os fãs com uma excelente atuação.

Mas o destino não quis que o ator desfrutasse de todo esse reconhecimento, tendo falecido em 22 de janeiro de 2008, recebendo diversos prêmios póstumos por sua atuação, inclusive um Oscar.

2016 – Jared Leto – O Esquadrão Suicida

Se elogiamos tanto a interpretação anterior, não podemos fazer o mesmo dessa vez. Quando o ator foi anunciado gerou uma empolgação dos fãs, pois Leto possuía um currículo interessante. Mas a produção do Esquadrão Suicida não soube aproveitar bem o Coringa em sua trama.

Com um jeitão inspirado em um mafioso digno do filme Scarface (1984), ele possui correntes, dente dourado, tatuagens mas não possui algo principal, carisma. Tanto os fãs quanto os críticos detestaram.

2017 – Zach Galifianakis – Lego Batman: O Filme

Ator especialista em comédia foi uma escolha certeira para a temática desse filme. Sua dublagem traz um Coringa carente e divertido, tendo muito do carisma que faltou ao anterior.

Sua interpretação inclusive traz algumas homenagens às versões anteriores do Coringa e com isso se torna uma das melhores versões do personagem no cinema.

2019 – Joaquin Phoenix – Coringa

Da mesma forma que dissemos que Heat Ledger se entregou na interpretação do Coringa, Joaquin Phoenix conseguiu mergulhar em toda a psicose e personalidade do Coringa, aproveitando a oportunidade de mostrar seu talento no primeiro filme solo de um vilão das HQ.

Nesse filme acompanhamos Arthur Fleck, comediante fracassado que é desconsiderado pela sociedade de Gotham e enlouquece até se transformar no Coringa.

Por essa interpretação Phoenix conquistou todos os prêmios na temporada, inclusive o Oscar de melhor ator.

Você conhece todas as versões do Coringa no cinema