Quais as maiores empresas varejistas do setor de moda e calçados no Brasil, segundo a SBVC?

Ranking das 300 maiores empresas de varejo brasileiro indica crescimento das redes e nomeia principais nomes do mercado; saiba quais são.

Mesmo durante o ano de pandemia, o varejo brasileiro teve um desempenho superior ao do PIB, indicando a força do segmento para a economia do país.

Quem mostra esses dados é a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), que publicou a 7ª edição do Ranking SBVC e lista os principais grupos e negócios do segmento.

Os dois setores com maior número de empresas foram o de Supermercados, com 145, e Moda, Calçados e Artigos Esportivos, com 39.

Assim, se durante os momentos de isolamento social você fez compras online ou utilizou um cupom de desconto da Riachuelo ou da Renner, por exemplo, você fez parte desse movimento.

Entenda mais sobre a pesquisa e descubra quais são as principais empresas varejistas de moda do país!

Ranking da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo

Analisando documentos e dados declaratórios das empresas e balanços contábeis, entre outras informações, a SBVC lista as 300 maiores empresas varejistas do Brasil.

A pesquisa realizada anualmente tem o objetivo de mostrar um resumo de como foi o ano do varejo brasileiro.

De acordo com o documento, em período de pandemia, o setor foi um dos que mais sofreram perdas, mas mesmo assim conseguiu se desenvolver de maneira expressiva.

Nesta 7ª edição, o grande destaque foi para o Grupo Carrefour, do segmento de Supermercados, que conquistou o primeiro lugar do ranking por conta do seu crescimento em número de lojas, aquisições e faturamento de R$74 bilhões. Inclusive, o segmento foi considerado o mais importante para o período.

Depois dele, o segmento de moda, calçados e artigos esportivos foi o segundo mais importante, apesar de o número de empresas no ranking ter caído de 48 para 39 de um ano para o outro.

Segundo a SBVC, essa queda deve-se principalmente à pandemia, mas grandes redes se destacaram por sua presença online.

5 maiores empresas de moda e calçados no Brasil

Segundo o estudo da SBVC, o setor de moda, calçados e artigos esportivos conta com 39 representantes na 7ª edição, que somaram um faturamento bruto de R$61 bilhões, o equivalente a 7,75% das vendas das 300 maiores empresas.

“Trata-se de um dos mercados mais pulverizados e dinâmicos do varejo nacional, com diversos modelos de negócios que encontram espaços para crescer”, diz o documento.

As empresas destaques desse setor, segundo a SBVC, usaram a internet a seu favor na hora de vender na pandemia, conseguindo se destacar ainda mais em um ambiente no qual já tinham forte presença. Assim, algumas das principais redes do segmentos figuraram no ranking. Confira!

1. Renner

As Lojas Renner lideram o ranking das principais empresas do segmento de Moda, Calçados e Artigos Esportivos, mantendo sua relevância para o setor que já segue há anos.

Entretanto, o documento salienta que, mesmo em primeiro, houve uma queda: a rede sempre figurava entre o top 10 na lista geral de maiores empresas e este ano ocupa a 14ª posição no ranking das 300 empresas.

2. Riachuelo

Outro grande nome do varejo de moda, a Riachuelo, do Grupo Guararapes, aparece em segundo lugar no ranking do setor e em 20º na lista geral.

O destaque da rede vai para o número de funcionários, maior que de muitas outras varejistas de moda, e para o investimento em tecnologia, para diversificar o mercado.

3. C&A

A C&A também não ficou muito para trás nessa corrida e ocupa o terceiro lugar entre as varejistas de moda e o 28º na lista geral.

Mesmo com menos lojas físicas, teve valor de venda próximo ao da Riachuelo, por exemplo, se destacando na presença online.

4. Pernambucanas

As Lojas Pernambucanas já fazem parte das compras de muitos brasileiros há gerações. No ramo de moda, fica em 4º lugar, e em 39º no ranking geral.

Vale lembrar que a rede não trabalha apenas com roupas e calçados, tendo um modelo de negócios baseado em diferentes categorias, como eletrônicos e eletrodomésticos.

5. Dafiti

A presença da Dafiti em 5º lugar chama a atenção por sua presença exclusivamente digital. Ou seja, mesmo apenas com vendas online, conseguiu figurar entre os principais nomes do varejo de moda em 2020, depois de apenas nove anos de existência no país.

Segundo a SBVC, isso se deve graças às compras online que cresceram ainda mais durante a pandemia.

Esses foram os principais nomes do varejo de moda e vestuário, mas outras empresas e grupos também tiveram sucesso em meio à pandemia, como Centauro, Marisa, Arezzo&Co., Zara Brasil e Decathlon, que estão no top 10.

Quais as maiores empresas varejistas do setor de moda e calçados no Brasil