Aparelho ortodôntico autoligado: 5 coisas que você precisa saber

O tratamento ortodôntico envolve diversos acessórios bucais que desempenham funções diferentes e apresentam benefícios para os pacientes, conforme necessidades identificadas. Entre os dispositivos mais procurados, o aparelho ortodôntico autoligado é um dos modelos mais modernos.

Aparelho ortodôntico autoligado

Esse acessório é muito similar ao aparelho fixo comum, porém ele não precisa do uso de borrachinhas para prender o fio, uma vez que este é atado no próprio braquete por meio de uma presilha interna.

Esta diferença faz com que o atrito da movimentação dentária seja reduzido e o aparelho tenha maior estabilidade. Assim, o tratamento é capaz de realizar as mesmas correções dos outros modelos, porém com maior agilidade e precisão.

Benefícios proporcionados pelo aparelho ortodôntico autoligado


O aparelho ortodôntico autoligado apresenta diversas vantagens para os pacientes, inclusive a possibilidade de confeccioná-lo com materiais translúcidos, como o policarbonato e a porcelana, que possibilitam uma estética mais discreta e, em alguns casos, praticamente invisível.

Além disso, ainda que as mudanças possam parecer pequenas em relação aos modelos mais clássicos, os resultados são ainda mais favoráveis e os benefícios incluem:

  • Aumento do conforto durante todo o procedimento;
  • Tempo de tratamento reduzido pela metade;
  • Movimentação dentária mais suave;
  • Dores mais brandas;
  • Menor necessidade de manutenção;
  • Higienização bucal facilitada.

Esses aparelhos podem ser utilizados, inclusive, por pacientes que possuem um implante dentário, o que tende a aumentar ainda mais a predileção dos adultos por esse modelo mais imperceptível sem impactar nas estruturas implantadas e no aspecto geral do sorriso.

Ao final de todo o processo, é possível complementar o tratamento com a realização de outros tipos de procedimentos estéticos odontológicos, que promovam a melhora da aparência dos dentes e a harmonia do sorriso, bem como a saúde como um todo, como a aplicação da lente de contato dental.

5 Fatores que você precisa saber sobre o aparelho ortodôntico autoligado


É natural que as novas tecnologias ocasionem dúvidas e curiosidades acerca do tema.

Por isso, separamos as cinco perguntas mais frequentes relacionadas ao aparelho autoligado para auxiliar na melhor compreensão de como esse acessório funciona.

1- Pra quem esse acessório é indicado?


O uso do aparelho fixo é indicado para crianças com 7 anos ou mais. Isso porque, nesse estágio elas já conseguem realizar toda a rotina de higienização bucal por conta própria e a formação óssea já está com um bom desenvolvimento.

Assim, esse modelo ortodôntico é recomendado para as pessoas de todas as idades, que precisam realizar a correção da mordida por meio do aparelho fixo.

Contudo, por ser mais simples, esse modelo é especialmente sugerido aos adultos que desejam o tratamento dentário, mas que têm receio do impacto estético.

2- Quais são os cuidados necessários?


Ao contrário do aparelho movel que pode ser retirado durante as refeições, o aparelho ortodôntico autoligado é, como já foi dito anteriormente, um modelo fixo.

Deste modo, o cuidado com a higienização bucal é fundamental para garantir a saúde e integridade dos dentes.

Além disso, é preciso evitar o consumo excessivo de balas, doces e alimentos pegajosos ou duros, como as balas ou a pipoca.

Isso porque esse tipo de comida pode causar danos na estrutura do acessório, provocando quebras e atrasos no desenvolvimento do tratamento.

3- O aparelho tem cores?


Como os fios que conectam os braquetes são fixados no próprio aparelho, esse tipo de dispositivo dispensa o uso das borrachinhas coloridas que são tão características no cuidado ortodôntico. Assim, o modelo autoligado não possui nenhuma cor.

4- É possível fazer clareamento dental com esse aparelho?


Considerando que a higienização é um pouco mais dificultada com o aparelho fixo, é comum que os dentes fiquem um pouco manchados após esse tipo de tratamento.

Com isso, muitos pacientes desenvolvem algum interesse na realização do clareamento dental para a correção da cor e do brilho.

No entanto, esse tipo de procedimento só poderá ser efetuado após a remoção dos braquetes. Caso contrário, o dente pode ficar com manchas ainda mais severas e muito mais difíceis de corrigir.

5- Quanto custa esse modelo?


O valor deste tipo de aparelho de dente é um pouco mais alto do que os modelos mais comuns feitos de metal. Contudo, o preço varia muito de acordo com a necessidade de cada paciente e o tipo de material escolhido.

Por exemplo, quando a pessoa prefere a opção fabricada a partir de policarbonato, os custos serão mais baixos do que quando feito com porcelana ou safira.

No entanto, essa escolha também interfere na duração do material, na facilidade de quebra e na aparência do acessório.

Por isso, é fundamental conversar com o dentista e tirar todas as dúvidas sobre o aparelho ortodôntico autoligado pessoalmente para garantir a escolha da opção ideal e de um preço que seja viável.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.
Postagem Anterior Próxima Postagem