10 dicas para evitar acidentes em andaimes

Os andaimes são muito requisitados na construção civil para facilitar o andamento de obras de todos os tipos. Versáteis, os equipamentos possuem muitas e diversas tipologias conforme a atividade executada. E é cada vez mais comum que empresas de construção civil optem pelo aluguel de andaimes ao invés da compra de equipamentos próprios.

dicas para evitar acidentes em andaimes

A prática de aluguel vem sendo considerada sustentável e econômica. No entanto, ao se alugar um aparelho deste porte, é preciso ter cuidado com seu manuseio e suas especificidades, para preservar a integridade física dos trabalhadores. Neste artigo, vamos citar 10 dicas de práticas que podem ser adotadas para evitar acidentes no uso de andaimes.

Tipos de andaimes existentes


Primeiro, é preciso entender que andaimes não são todos iguais e é preciso ter conhecimento sobre o equipamento a ser alugado ou mesmo comprado. São eles:

  • Andaime sobre cavaletes: usado em baixas alturas, como reforma de casas;
  • Andaime tubular: útil em obras e manutenções sob alturas maiores, como fachadas de imóveis;
  • Andaime móvel: possui maior facilidade na movimentação, ideal para obras que exijam muitas mudanças;
  • Andaime suspenso: ideal para fazer revestimento externo, como manutenção de fachadas em prédios de alturas elevadas;
  • Andaime fachadeiro: ótimo para obras e manutenções em alturas elevadas, como fachadas de casas.

Dicas de segurança para evitar acidentes


Abaixo, dicas para segurança durante uso de andaimes.

Dica 01: use EPIs, como capacetes com jugular, óculos de proteção, bota com biqueira, luvas, perneira, cinto de segurança tipo paraquedista e talabarte duplo.

Dica 02: não esqueça de fazer um check-list do cinto de segurança para verificar a integridade do produto.

Dica 03: é importante montar um piso antiderrapante em andaimes de baixas alturas, podendo utilizar pedaços grandes de madeira para forrar o chão.

Dica 04: em andaimes de média altura, é preciso regular as sapatas ao nível do chão com o auxílio de parafusos ajustadores.

Dica 05: andaimes fachadeiros precisam ser amarrados à construção. Aqui, é necessário o uso de tela e um guarda-corpo com rodapé.

Dica 06: em andaimes móveis, é preciso que as rodas sejam travadas e a instalação seja feita em piso nivelado.

Dica 07: em andaimes suspensos, é preciso que seja feita a certificação de que ele está bem fixado e na posição correta para evitar que o mesmo fique balançado.

Dica 08: em todos os tipos de andaimes, a regra é não os movimentar caso haja pessoas em cima.

Dica 09: outra dica fundamental é evitar trabalhos com andaimes em condições de chuva, visto que, o risco de o profissional ser vitimado por raios ou sofrer uma queda é maior. Além disso, aqui também pode ocorrer maior incidência de deslizamentos.

Dica 10: utilize sempre dois mosquetões para fazer seu travamento na estrutura, dado que, eles garantem maior segurança durante a movimentação no andaime, mantendo-o preso à estrutura.

Em resumo, o uso do andaime é uma prática que requer técnica e cuidado, mas com o bom uso de equipamentos de segurança e proteção, seguindo as instruções adequadamente, não acarreta perigos para seus usuários. Na hora de alugar um, certifique-se de entender como funciona o equipamento.
Postagem Anterior Próxima Postagem