Como adotar hábitos saudáveis diários, 5 dicas

Ao contrário do que muitos pensam, manter hábitos saudáveis diários não se trata de uma rotina sacrificante e de abdicar de muitas atividades e/ou alimentos.

hábitos saudáveis diários

Na realidade, é muito pelo contrário. Todas as boas práticas para a saúde tem o objetivo de trazer maior sensação de bem-estar e manter a qualidade de vida, realizando os exercícios diários e refeições de forma consciente e, quando necessário, reduzidas para sanar os desejos mas não prejudicar a saúde.

Pensando nisso, este artigo trará dicas de boas práticas para a saúde e como incluí-las na rotina para uma melhor qualidade de vida a longo prazo.

Praticar exercícios físicos


A prática física condiciona melhor o corpo para viver o dia a dia, além de garantir um bom funcionamento das articulações e do organismo, mantendo uma vida saudável e livre de riscos de doenças que - ocasionalmente - podem surgir.

Inclusive, a saúde mental também é favorecida pela prática de atividade física regularmente, pois, com ela, é liberada a endorfina, que causa uma maior sensação de prazer e felicidade.

Se a prática consistir em algum esporte que tenha muito contato e o atleta utilizar o aparelho dental invisivel, o mais recomendado é fazer uso do protetor bucal para proteger a arcada dentária de possíveis impactos que o exercício pode causar e que podem comprometer a integridade da cavidade.

No caso dos modelos móveis, a estrutura pode ser removida e, em atividades de alto impacto, independentemente de haver ou não algum tratamento em andamento, o uso do protetor se faz necessário.

Sono de qualidade


Ter um sono de qualidade faz toda a diferença, pois muda o humor e a disposição para as tarefas do cotidiano.

Estudos comprovam que dormir pouco ou mal prejudica a saúde, reduzindo a atenção, enfraquecendo o sistema imunológico e promovendo o estresse.

Se problemas com o sono forem frequentes, problemas de memória podem acontecer, além de aumentar o risco de outras doenças como o derrame cerebral, obesidade, câncer e doenças cardíacas podem ocorrer.

Uma dica eficiente para quem tem problemas com o sono é diminuir o uso do celular ao menos uma hora antes de dormir.

Deixar o aparelho em outro cômodo é uma opção para isso, reduzindo a necessidade e estímulos que podem ocorrer, acarretando o seu uso.

Do mesmo modo, é possível diminuir gradativamente o uso, reduzindo a luz do eletrônico e evitando-o15 minutos antes de deitar e aumentar esse número de forma gradual.

Isso porque a luz que os aparelhos eletrônicos produzem e o alto fluxo de informações que passa pela cabeça ao ficar de olho no celular prejudicam o relaxamento necessário para ocorrer o sono.

Afinal, a melanina (responsável pela sensação do sono) não consegue ser produzida quando há estímulo visual e de claridade.

Alimentação saudável


Uma alimentação que não é considerada saudável pode condicionar a uma má forma física, propensão a doenças, levando à obesidade e diminuindo a resistência do corpo.

Mas quando acontece o contrário, ou seja, há uma alimentação saudável e equilibrada durante o dia, o corpo absorverá os nutrientes necessários para seu funcionamento e desempenho diário, além de se tornar mais resistente à ação de vírus e bactérias.

Além disso, uma boa alimentação pode influenciar positivamente na saúde emocional, visto que determinados alimentos atuam diretamente nos hormônios e até na nutrição cerebral, além de poder contribuir com a ampliação da autoestima.

A saúde bucal pode se beneficiar disso de forma significativa. Isso porque a alimentação contribui para a regulação da mucosa e o pleno estado da saúde bucal, tanto de forma positiva quanto negativa.

Alimentos ricos em açúcar, processados e gordurosos, por exemplo, podem fazer muito mal aos dentes, pois eles alimentam as bactérias presentes na boca e liberam um ácido corrosivo ao esmalte dentário, deixando a dentição vulnerável a ter doenças bucais, como cárie e periodontite.

Quando essas doenças já se encontram em um estágio muito avançado, parte da arcada dentária pode ficar comprometida.

Nesses casos o profissional deve ser procurado para que faça a remoção dos fragmentos dentários comprometidos, depois a limpeza do local para a colocação do implante dentário.

Do mesmo modo, tanto a estrutura dental comprometida pode impactar na saúde mental quanto o inverso pode acontecer, principalmente em relação a alimentação (que pode ser feita de forma compulsória) e a higienização - que pode ser negligenciada.

Nesse sentido, caso a coloração da arcada dentária também fique comprometida, seja pelos hábitos alimentares ou a inadequação da higiene, procedimentos de recuperação podem ser necessários.

Isso ocorrerá, principalmente, se o desejo do paciente for recuperar e melhorar o sorriso, podendo recorrer ao consultório odontológico para fazer o clareamento dental.

Retornando a alimentação, agora tida como benéfica, indica-se que alimentos e nutrientes específicos precisam estar presentes nas refeições, principalmente aqueles que ampliam a energia e o fortalecimento corporal, como a proteína, ferro, vitaminas, cálcio e fibras.
 

Cuidados com a higiene


Principalmente durante os tempos atuais, os cuidados com a higiene precisam ser reforçados para prevenir doenças.

Além da higiene das mãos e do corpo, é necessário manter a saúde bucal em dia com práticas de higienização diárias e feitas corretamente.

Portanto é necessário escovar os dentes ao final de cada refeição, além de adotar práticas como:

  • Evitar alimentos pigmentados;
  • Bochechar água ao ingerir produtos ácidos e pigmentados;
  • Carregar um kit de higiene para quando não estiver em casa;
  • Utilizar enxaguante bucal após a escovação;
  • Passar fio dental diariamente;
  • Ter mais atenção à escovação noturna.

Todas essas práticas de higienização bucal devem ser feitas por todos, mas demandam ainda mais atenção daqueles que utilizam aparelho invisivel ou implante, pois são estruturas que podem impactar na proliferação de bactérias e no processo de higiene, podendo deixar os resíduos em mais evidência ou demandar mais cautela com a gengiva.

Além disso, boas práticas de saúde bucal, incluindo a higienização, garantem o bom estado de procedimentos estéticos que foram investidos e de toda a cavidade bucal, reduzindo os riscos de bactérias acessarem outros tecidos ou mesmo que o tratamento tenha sua durabilidade reduzida.

Ir ao médico e ao dentista


Manter os cuidados é visitar os profissionais da área da saúde e odontologia não só nos momentos de urgência, mas principalmente para a prevenção, ou mesmo para avaliar quanto custa lente de contato dental e realizar os tratamentos estéticos, quando desejado.

Portanto, fazer check-ups anualmente com um médico é importante, além de ir ao dentista regularmente e, preferencialmente, a cada seis meses.

Em casos específicos, como diabéticos ou para tratamentos bucais mais complexos, visitas em tempos menores podem ser necessárias.

Durante as consultas regulares, o profissional avaliará o estado de saúde bucal, limpará o tártaro e aplicará o flúor na arcada para fortificá-la.

Caso houver a necessidade de algum procedimento corretivo ou desejo por tratamentos estéticos, como colocar a lente de contato dental, o profissional indicará os melhores caminhos para deixar o sorriso bonito e saudável.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.
Postagem Anterior Próxima Postagem