Quanto tempo cada alimento pode ficar na geladeira?

Confira por quanto tempo podem ser armazenados em refrigeração os alimentos mais consumidos no Brasil.

Geladeira

É verdade que alguns alimentos requerem consumo imediato. É comum que haja sobras de comida, que devem ser colocadas em refrigeração para que não estraguem. Assim, podem ser consumidas durante o resto da semana, o que pode poupar bastante tempo.

Há pessoas que preparam refeições em pequena quantidade, mas mesmo assim é inevitável que haja alimentos que não serão aproveitados naquele momento (alho, cebola e salsinha, por exemplo). Sendo assim, além de escolher uma boa geladeira e refrigerador para manter os alimentos, é fundamental saber quanto tempo eles podem ficar armazenados no eletrodoméstico.

Sabe aquela vasilha que você coloca na geladeira? Ela pode acabar sendo esquecida, fazendo com que, mesmo refrigerada, a comida apodreça. Entenda o tempo ideal para os alimentos mais consumidos no Brasil.

Quanto tempo cada alimento pode ficar na geladeira?


Consumir produtos vencidos pode ser extremamente perigoso em termos de saúde. Para evitar que alimentos estraguem na geladeira, é fundamental conhecer seu tempo de refrigeração:

  • arroz: de 5 a 7 dias;
  • feijão: até 3 dias;
  • legumes e frutas: de 3 a 7 dias;
  • sopas e carnes cozidas: de 3 a 4 dias;
  • verduras e temperos: de 2 a 3 dias;
  • molhos: até 30 dias;
  • doces: somente 3 dias;
  • salsichas e bacon: até 7 dias depois de abertos;
  • maionese industrializada: até 2 meses;
  • ovos: até 30 dias;
  • leite: apenas 2 dias.

Vale lembrar que esse tempo varia bastante (para mais, evidentemente) se os alimentos são armazenados no congelador.

Qual a melhor maneira de organizar os alimentos na geladeira?


Você já se perguntou por que legumes, verduras e até mesmo frutas ficam na parte de baixo da geladeira, especificamente na gaveta? Isso se dá porque esses alimentos não suportam bem as menores temperaturas da parte de cima. Sim, os locais do refrigerador são destinados para tipos específicos de comida. Assim, quando colocados nas prateleiras indicadas, os alimentos conseguem ter uma durabilidade maior.

Contrariando esse padrão de fabricação, é importante sabermos que os ovos não devem ser guardados na porta da geladeira, uma vez que a variação de temperatura pode fazer com que estraguem mais facilmente. Nesse caso, as prateleiras da porta podem servir para armazenar outros pequenos produtos do seu consumo.

Como guardar os alimentos adequadamente?


Existem maneiras diversas de guardar alimentos no refrigerador para que sejam consumidos ao longo da semana. É importante saber que para alguns deles a refrigeração não é tão eficiente quanto para outros. Utilizar vasilhas com tampa hermética, por exemplo, ajuda a manter as folhas frescas por um período ainda maior.

Caso more sozinho, procure preparar sua refeição em pequenas quantidades para que não haja desperdício. Abriu uma lata de milho e não consumiu tudo? Não guarde na lata, pois o revestimento da embalagem pode oxidar e contaminar a comida. Nesse caso, o melhor a se fazer é transferir o conteúdo para uma vasilha plástica ou de vidro e, na sequência, refrigerar.

No caso de frutas, verduras e legumes, é melhor que guarde na gaveta inferior do eletrodoméstico. Ou, ainda, se quiser, embale os alimentos para que não ressequem ou transfiram cheiro para outros produtos. É importante lembrar que, quando embalados em papel, por exemplo, certos alimentos vegetais amadurecem e apodrecem em menos tempo.

No caso de comidas como arroz, feijão, sopas e carnes já preparados, o ideal é que sejam colocadas em vasilhas de vidro ou plástico individuais. Já carnes cruas, salsichas e bacon devem ser colocados no congelador, cada qual em uma embalagem apropriada. Evite deixar alimentos em saquinhos de supermercado, pois a tinta da embalagem, que contém substâncias tóxicas, pode contaminar o conteúdo.
Postagem Anterior Próxima Postagem