Procedimentos odontológicos, conheça as obrigatoriedades dos convênios

Durante a vida, é natural que as pessoas precisem recorrer aos dentistas para procedimentos odontológicos, dos mais variados tipos, seja por procedimentos estéticos, cirúrgicos, consultas de rotina ou tratamentos a longo prazo.

Procedimentos odontológicos

Por uma questão estratégica, atualmente, vale muito mais a pena investir em um plano odontologico.

Isso porque um plano odontológico pode oferecer diversas vantagens, principalmente em relação a consultas avulsas ou consultórios públicos.

Em relação a consultórios particulares, que realizam consultas individuais, os planos odontológicos costumam ter um custo benefício interessante e uma redução do valor investido.

Afinal, uma consulta individual, marcada em uma clínica ou consultório, tende a ter o mesmo valor, geralmente até maior do que o pagamento mensal de um convenio odontologico.

Além disso, com a presença de um plano odontológico de qualidade, as pessoas têm assistência garantida, sempre que necessitarem, realizando um acompanhamento mais preciso de modo a prevenir e tratar problemas antes de surgirem complicações.

A escolha do melhor tipo de plano varia muito, dependendo do perfil de quem vai assinar esse plano, e de alguns outros quesitos, tais como:

  • Necessidades do paciente;
  • Quais procedimentos ele precisa;
  • Custos;
  • Locais de atendimento;
  • Qualidade da clínica;
  • Disponibilidade de benefícios por empresas.

Existem alguns procedimentos que todos os convênios são obrigados a cobrir, mas existem outros que não são sempre executados dentro de um plano, conforme o pacote.

A variação ocorre de acordo com as possibilidades de cada odonto empresarial e categoria dos planos, como planos básicos ou premiums, bem como por conta da operadora que o oferece.

Dessa forma, separamos 7 procedimentos obrigatórios em qualquer plano odontológico, independentemente da categoria que esse plano se encaixa, seja um plano individual, um plano familiar, um plano voltado para o ramo empresarial ou então plano dental para MEI.

1- Consultas


O primeiro procedimento que é obrigatório em qualquer plano odontológico é a realização de consultas de avaliação e manutenção com os dentistas, conhecidas como de rotina.

As consultas são o contato inicial entre o paciente e os especialistas.

Nessa consulta, o dentista pode conversar, examinar, passar recomendações, identificar problemas e indicar quais tratamentos podem ser necessários, caso seja identificado algum problema específico.

2- Procedimentos de urgência


Quando o paciente aciona o seu plano odontologico empresarial, por exemplo, por estar passando por um problema que precisa de uma correção de emergência, é obrigatório que o convênio dê o atendimento necessário para esse paciente.

Esses problemas urgentes podem ser variados, desde uma dor incômoda, até a colagem de fragmentos de dentes.

3- Tratamento de canal


O tratamento de canal faz parte da categoria da endodontia e está enquadrado na lista da ANS de obrigatoriedades que um convênio odontológico precisa cobrir, mesmo que seja um plano odontologico para MEI.

Essa é uma informação que muitas pessoas desconhecem, e por isso acabam não realizando esse tipo de tratamento, já que em clínicas e consultórios particulares é um procedimento bastante caro.

4- Cirurgias


Diversos procedimentos cirúrgicos estão enquadrados na lista de procedimentos que os convênios precisam cobrir obrigatoriamente. Entre eles, a retirada de dentes do siso, por exemplo, é uma das mais importantes.

Claro, existem alguns procedimentos cirúrgicos mais complexos que nem sempre os convênios cobrem, mas os básicos e mais simples são, geralmente, obrigatórios.

Por esse motivo, é crucial avaliar junto a clínica e a operadora antes de realizar o tratamento. De modo geral, a clínica realiza a solicitação e, não havendo cobertura, o paciente é informado para realizar o tratamento.

Em alguns casos em que não há a cobertura, o convênio ainda pode disponibilizar o ressarcimento de parte do valor do tratamento realizado, ou mesmo uma liberação emergencial devido ao relacionamento.

5- Radiologia


A realização de exames radiológicos, ou seja, o famoso raio-x, é muito importante para identificar diversos problemas na boca e nos dentes.

Nesse sentido, esse é mais um dos procedimentos que deve conter na grade de ações dos planos odontológico, independentemente do tipo de categoria e dos valores que são cobrados pelos planos.

Contudo, cabe ressaltar que os modelos de raio-x voltados para a colocação de aparelho, conforme o plano, podem não ser cobertos.

6- Limpeza e raspagem


A limpeza e a raspagem são procedimentos importantes para complementar a higienização dos dentes e melhorar a qualidade da saúde bucal.

É um dos processos mais básicos de consultórios e clínicas particulares, sendo procedimentos obrigatórios nos planos odontológicos do Brasil.

Esse procedimento é muito importante para eliminar sujeiras e bactérias nos dentes, melhorar a coloração dentária e dar uma nova cara para o sorriso dos pacientes, e por isso é muito importante que as pessoas realizem com frequência, reduzindo o risco de inflamações.

7- Periodontia


Tratamentos gengivais também estão incluídos na lista de procedimentos obrigatórios dentro de um plano odontológico.

Problemas na gengiva são comuns, podendo ser decorrentes de diversas situações. Entre as principais doenças na gengiva, a gengivite e a periodontite são as que demandam mais cuidado e acompanhamento, podendo causar sérios danos às gengivas e também aos dentes.

Dessa forma, procedimentos de raspagem e cirúrgicos para eliminação do acúmulo de tártaro na região são garantidos por qualquer convênio odontológico e consistem nos tratamentos considerados de prevenção, devendo ser acompanhados adequadamente.

Assim, ao recorrer ao plano, é possível ter atendimento de qualidade com mais facilidade, promovendo mais saúde e bem-estar, de modo geral.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.
Postagem Anterior Próxima Postagem